De olho na Casa Própria? Mercado Imobiliário oferece Bons Negócios

 

O mercado imobiliário brasileiro iniciou uma boa retomada nos últimos 12 meses, com indicadores de crescimento.  É um bom cenário para quem quer comprar, após um período de baixa nas vendas e aumento no estoque, uma provável melhora em parte das ofertas indica o bom momento para aquisição de um imóvel. Se prepare para encontrar a melhor oferta.

Em um olhar nacional,  em 2017 o mercado imobiliário colocou à venda 15% mais imóveis novos do que em 2016. Em São Paulo, o crescimento é ainda maior. De acordo com dados da Secovi-SP, as vendas de imóveis cresceram 46,1% em 2017, considerando apenas os imóveis residenciais novos.

Neste contexto, o consumidor dispõe  de alguma vantagem e consegue encontrar  boas ofertas em imóveis. Assim sendo, antes de iniciar a procura por um imóvel, o comprador deve conhecer as formas de financiamento, as opções de juros, os prazos, saber se é possível trocar de financiador caso no meio do caminho os juros baixem em outro banco e qual a política de abatimento dos juros se houver quitação do saldo devedor. A relação com o financiador é muito longa, e equivale a quase um terço de uma vida em financiamentos longos, de modo que certos cuidados não podem ser deixados de lado, sendo assim, o seguro em caso de perda de renda ou em caso de morte do principal pagador também é desejável.

Ainda é importante para o consumidor, ao buscar uma boa oportunidade de negócio, analisar com total objetividade suas condições pessoais e questões simples como: onde quer morar, quanto tem para dar de entrada, quem morará no imóvel, como está sua estabilidade financeira, como vai conseguir pagar e qual a prestação que poderá pagar. Neste último aspecto, é bom ficar atento para não empenhar mais do que um terço da renda familiar, esta é uma regra importante para não se correr o risco de perder quase tudo no futuro.

Nessa busca incessante pelo bom negócio,  mesmo que o mercado ofereça boas oportunidades dado o grande estoque de imóveis das construtoras, é importante ser paciente, procurar bastante, olhar bem cada oferta, analisar as premissas e depois espreitar as condições gerais do mercado sabendo que não é o vendedor quem vende, mas sim o comprador quem compra.

Fonte: Exame

Recommend