Lareiras portáteis: ideias para aquecer a casa sem fumaça e quebra-quebra

 

Ideais para o inverno, as lareiras são ecológicas e de fácil instalação.

Com a proximidade do inverno, é hora de preparar a casa para a chegada dos dias frios. E para deixar o clima mais aconchegante e confortável, nada melhor do que apostar nas lareiras portáteis. Práticas e ecológicas, elas são as únicas que podem ser usadas dentro de casa sem a coifa de respiro. Como não queimam oxigênio e, assim, não produzem gás carbônico, esses modelos dispensam o uso de lenha e respeitam o meio ambiente.

Como não queimam oxigênio e, assim, não produzem gás carbônico, esses modelos dispensam o uso de lenha e respeitam o meio ambiente.

Diferente das lareiras tradicionais, as versões ecológicas são compostas por uma parede dupla de aço inox revestida com manta cerâmica. Esse revestimento é responsável por absorver o álcool de cereal (ou biofluido), o que permite que a lareira permaneça acesa de uma a seis horas, a variar com o tamanho.

  

Lareira sem obra (e fumaça)

Com modo de uso bastante prático, as lareiras portáteis contam com um mecanismo de acendimento simples. Basta encostar uma chama no biofluido que é despejado diretamente dentro do queimador. Para extinguir o fogo, é só recolocar a tampa.

Sustentável, o biofluido pode ser reutilizado até o fim. Sua combustão não gera fumaça nem odor – e, para o bem do planeta, faz da lenha natural algo desnecessário. O mecanismo portátil permite que a lareira seja facilmente instalada em qualquer ambiente, dispensando qualquer tipo de instalação. No caso de modelos embutidos, é necessário a construção de um nicho para encaixe das peças, que pode ser feito de marcenaria, mármore ou até mesmo de seixos e pedriscos.

 

 
Recommend