Decoração para criar uma casa instagramável

Em busca de um cantinho digno de fotos do Instagram? Confira dicas de expert que você deve saber antes de planejar a decoração.

A máxima “uma imagem vale mais que mil palavras” nunca esteve tão atual. Em tempos de redes sociais o apelo estético tornou-se uma prioridade na vida de muitos, seja na esfera online ou offline. Do look do dia à decoração de casa, tudo precisa ser instagramável e render cliques compartilháveis.   

 

 

É o caso, por exemplo, dos nativos da geração Z. Nascidos entre 1994 e 2009, eles possuem referências visuais mais aguçadas e, portanto, buscam por sensações inspiradoras em vários aspectos da vida. Dentro de casa não é diferente. Ambientes impecáveis e visualmente atraentes são a regra para esse grupo.

Sendo assim, o que não pode faltar em um décor instagramável?

 

 

 

 

 

 

1. Explore sua personalidade

 

 

 

 

Seja você influencer ou não, demonstrar seu gosto pessoal é imprescindível na hora de preparar a decoração de casa. Afinal, de que adianta usar aquele papel de parede com estampa tropical se você odeia praia? “Não basta usar algo que chame atenção, mas não tenha a ver com sua personalidade”. “É importante buscar elementos e materiais que imprimam o seu estilo”. Lembranças de viagens e objetos de acervo pessoal são ótimas opções para isso.

 

 

 

 

 

2. Crie espaços reais (e funcionais)

Não há problemas em criar ambientes pensados especialmente para as redes sociais, mas lembre-se de manter a funcionalidade desses cômodos. Mais do que um cenário, o espaço é, antes de tudo, um lugar da sua casa. “Não abra mão da funcionalidade. O metro quadrado hoje é muito valorizado para você dispor de um canto da sua casa que só sirva para fotos”. “O ideal é que sejam espaços de fato usáveis e práticos para atender as suas necessidades”.

 

 

 

 

 

 

3. Priorize móveis soltos

 

 

 

Para um consumo mais consciente e sustentável, lembre-se também de que os cenários dos cantinhos instagramáveis não precisam ser constantemente reformados ou renovados com novo mobiliário. Por isso, a dica é apostar em peças soltas que permitam diferentes configurações de ambientes. “Móveis soltos facilitam a hora de produzir fotos. Eles ajudam a diversificar a quantidade de imagens com diferentes cenários, já que você pode arrastar um banquinho, uma cadeira ou um abajur e criar várias composições”.

 

 

 

 

4. Espelhos bem posicionados

 

 

Pode parecer óbvio, mas a posição dos espelhos no ambiente é umas das principais estratégias (além da iluminação) para conseguir boas fotos. “Isso é diferente de encher a casa de espelhos. Leve em conta o que deverá ser refletido e procure o melhor ângulo. Nesse caso, opte por modelos que possam ser arrastados e posicionados de uma forma que favoreça a fotografia”.

 

 

 

 

 

Todo cantinho instagramável deve ter aquele elemento que rouba a cena. Seja um tapete incrível ou uma peça statement, a decoração deve ser planejada entorno de um destaque. “Revestimentos, pinturas diferentes e coisas do gênero são legais, mas é importante que converse com a linguagem do projeto e a identidade da pessoa”. “Peças de design assinado, por exemplo, sempre têm um apelo maior pela estética”.

 

 

“Nem sempre o caminho das estampas é a melhor alternativa. Pode ser um caminho, mas cantinhos minimalistas e com pouca cor também podem ser instagramáveis. A questão dos elementos terem a cara do morador atrai muito mais. É o que faz a pessoa se identificar e se imaginar ali”.

Fonte: Casa Vogue

 

Recommend