OLX Brasil compra Grupo Zap por R$ 2,9 bilhões

Se o negócio for aprovado, imóveis passa a ser a principal categoria da OLX. Atualmente é a segunda, atrás de carros.

OLX Brasil, plataforma de venda de itens novos e usados, acaba de adquirir o Grupo Zap para fortalecer sua posição no mercado imobiliário do país. O negócio avalia o Grupo Zap em aproximadamente 2,9 bilhões de reais.

A transação está sujeita a aprovações de órgãos reguladores e está prevista para ser finalizada no segundo semestre deste ano. Se o negócio for aprovado, imóveis passa a ser a principal categoria da OLX. Atualmente é a segunda, atrás de carros.

Grupo Zap estava em busca de uma rodada de investimentos, mas as duas empresas concordaram em negociar a compra. A negociação começou em abril.

A nova empresa ainda estuda como ficarão as duas marcas. Porém, já sabe que vai atacar os mercados particular e privado para compra e venda de imóveis.

As duas empresas são complementares. Enquanto o Zap tem um perfil mais premium, a OLX é de cauda longa, com produtos de perfis mais distintos, principalmente em cidades pequenas e médias.

O Grupo Zap tem 8,3 milhões de imóveis anunciados e recebe 230 mil buscas por hora, 50 milhões de visitas todos os meses. Em 2018, o Grupo ZAP teve receita líquida de 217 milhões de reais e Ebitda de 18 milhões de reais, com uma média de 28 milhões de visitas por mês em 2019.

O grupo nasceu em 2017, resultante da fusão de entre a Zap e a Viva Real, ambos sites de compra e venda de imóveis.

A história do grupo Zap começou em 2001, com a criação do Planeta Imóvel, site de classificados de imóveis pioneiro do país. No mesmo ano, a plataforma foi adquirida pelos grupos O Globo e O Estado de S.Paulo – em 2012, o Infoglobo comprou a participação do Grupo Estado. O nome Zap surgiu em 2007. Já a Viva Real surgiu em 2009 na Colômbia e, em 2013, se tornou uma empresa totalmente brasileira.

Fonte: Exame Abril